19 de abr de 2011

Fotógrafo documenta criaturas luminosas no oceano

O fotógrafo Joshua Lambus, de 25 anos, costuma documentar minúsculos animais marinhos luminosos no Mar do Havaí durante mergulhos em águas profundas na região


A coleção impressionante de imagens produzidas por Lambus inclui águas-vivas, polvos, lulas, camarões e diversos tipos de peixes brilhantes. Boa parte deles tem até quatro centímetros de comprimento.

Os animais foram encontrados a grandes profundidades na costa da ilha Havaí, a maior do arquipélago.

Segundo Lambus, as fotos são tiradas em mergulhos noturnos. De barco, ele vai até cerca de cinco quilômetros longe da costa e mergulha na completa escuridão.

O fotógrafo acumula imagens feitas durante mais de 400 mergulhos em águas profundas.

Ele diz que "falta de luz e de referências é o mais próximo que posso imaginar de estar no espaço".

O fotógrafo Joshua Lambus conseguiu documentar minúsculos animais marinhos luminosos no Mar do Havaí. Na imagem, um pequeno peixe da família Blenniidae.


A impressionante coleção de imagens de Lambus inclui águas-vivas, polvos, lulas, camarões e diversos tipos de peixes.

Segundo o fotógrafo, as cores que aparecem nas fotos são as cores das pigmentações naturais dos animais, refletidas na imagem. Na foto, uma lesma-do-mar com cerca de 3 centímetros.

Os animais foram encontrados a grandes profundidades na costa da Ilha de Havaí, a maior do arquipélago havaiano. Na foto, um peixe não-identificado.

A imagem mostra um polvo brilhante de tentáculos compridos. Em mais de 400 mergulhos, o fotógrafo acumulou centenas de fotos raras de animais.

Lambus é especialista em fotografar criaturas marinhas em águas profundas. Na foto, um animal conhecido em inglês como 'bobtail', que mede quase 2 centímetros.

Lambus diz que gosta de fotografar em águas profundas porque a 'falta de luz e de referências' é o mais próximo que ele pode imaginar de estar no espaço. Na foto, um peixe não-identificado.

O fotógrafo, de 25 anos, sai de barco à noite e para a uma distância de cerca de 5 quilômetros da costa. Ali, ele desliga o motor da embarcação e mergulha. Na foto, um peixe não-identificado.

Durante o mergulho, as luzes do barco de Lambus ficam desligadas para que ele fotografe animais pequenos com mais facilidade. Na foto, um ser com cerca de 1 cm de diâmetro.

O fotógrafo ficou famoso depois de capturar imagens raras de um polvo minúsculo. Era a segunda vez que o animal era fotografado. Na foto, um ser com um camarão pendurado em sua lateral.

Fonte : Msn


Quaisquer dúvidas, sugestões, reclamações entre em contato com a equipe.
E-mail Alcaparrasafoitas.blog@hotmail.com

0 comentários:

Postar um comentário